De Espinho para o Mundo!

De Espinho para o Mundo! Gustavo Sanches de Castro natural de Espinho, nasceu em janeiro de 1986, vindo de uma família numerosa, desde muito cedo ligou-se ao mundo das artes, em casa conhecido por MacGyver (nome dado pelo pai), onde tentava montar e desmontar coisas, arranjando outras. Participou num concurso de desenho ” Postais de Natal “, na sua cidade nativa onde ficou entre os primeiros, vendo o seu desenho estampado num postal.

Durante a adolescência abraçara projetos musicais e com isso surgiu a oportunidade de aprender a trabalhar em alguns programas. Passando pelo grafite, mas não deixara o desenho a lápis, pois foram as conversas com o irmão mais velho que desencadearam uma enorme influência no que se tornaria o seu percurso académico e profissional. Depois a veia académica, tirando o curso de desenhador projetista (Auto CAD). Contudo o lado artístico acabaria por falar mais alto, a vontade de pintar ao som da música ajuda a crescer toda uma motivação de sentimentos que vemos passados para a tela. Neste lado da vida é um autodidata, através dos tempos foi aprendendo entre as pesquisas, os conhecimentos partilhados e adquiridos, mas sempre com uma vontade enorme de procurar “o saber” …O continuar… não está posto em causa, é com muita paixão, entrega que nascem os seus trabalhos, partilhando-os com orgulho e sem medo.

Atualmente tem o Atelier na cidade de Espinho, sendo que já trabalhou anteriormente no Porto (Rua da Torrinha) durante esse período que dividiu nessa cidade invicta com uma amiga o mesmo gosto pelas artes, trocando experiências em mobiliário. Apesar disso foi no seu antigo quarto onde tudo começara…O seu estilo e ferramentas de trabalho são os mesmos, mas não deixa de testar novos materiais, superfícies, texturas, trabalhando com as mãos e tinta acrílica e assim… vai colecionando conhecimento e saber.

O dia a dia, as conversas que vai tendo, as cores, a música são uma inspiração, uma influência sem fim. Toda a arte e arquitetura que vê vai ajudando a progredir na sua caminhada, o sonho de criar uma linha de mobiliário. Em um universo de arquitetos existem dois que particularmente se destacaram e fizeram Gustavo Sanches pensar na arte de outra forma, eles são …Santiago Calatrava usando o corpo humano como base para criar as suas obras, o outro Tadeu Ando pela forma como vê e usa a luz nas suas obras. Estes conceitos influenciaram a forma como olha e cria os seus trabalhos.

Com um olhar no futuro, tem o objetivo de expor em galeria, num ou mais espaços, poder responder a algumas propostas do exterior, ainda pendentes, trabalhar e melhorar a sua divulgação e o seu Marketing. Gustavo Sanches de Castro é um homem das artes, é realmente notório a forma como vive, como pensa, como sente quando pinta… quando cria. São as suas mãos a dar asas à imaginação. O desejo da felicidade e ser feliz não colmata a satisfação de nunca sentir saciado esse lado. A grande importância que dá às origens, às suas raízes é de louvar. O caminho que já percorrera num mundo de experiências reais e vividas, não será tão grande como aquele que irá percorrer cheio de sucesso, expor e dar a conhecer as suas obras aos apaixonados das artes.

A EmCadeamentos continua na linha da frente, atenta a tudo que seja “a essência” da cultura em Espinho, daí partilharmos convosco e com muita satisfação mais um dos nossos conterrâneos Gustavo Sanches de Castro, um homem das artes, neste momento tem em exposição as suas pinturas no restaurante Terra Viva, rua 27, estará disponível para todos que queiram ver até ao fim de Agosto. Mais uma vez relembramos a importância da divulgação e promoção dos eventos a todos os parceiros culturais da nossa cidade de Espinho.

Página de FACEBOOK do artista aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *