A equipa

Desde a sua constituição que a EmCadeamentos tem associados que colaboram ativamente com as suas atividades regulares, em diferentes funções. Acreditamos que uma equipa pluridisciplinar, com experiência e conhecimento proveniente de diferentes áreas, é a chave para o sucesso, no sentido de permitir experiências enriquecedoras e diferenciadas, sempre direcionadas para o público.

Por isso é que a EmCadeamentos é uma associação de pessoas para pessoas!


Conheça alguns (entre muito outros) dos nossos rostos:

Ricardo Macedo


Sócio fundador e Presidente da EmCadeamentos, é o rosto mais visível da associação. Licenciado em Arqueologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, mas com um vasto background em outras áreas, que vão desde as Artes Marciais às novas tecnologias, é o coordenador científico dos projetos de arqueologia experimental da associação e mentor do GEMAC. O gosto no contacto com o público leva a que se envolva, igualmente, na maioria das atividades da associação.

Neusa Cunha


Sócia fundadora da EmCadeamentos. Exerce profissionalmente na área das Ciências Forenses, mas o seu gosto pelas tecnologias do passado fez com que se tenha envolvido nos projetos de pesquisa e integração de metodologias da EmCadeamentos, assim como nas suas ações de formação. É perita em escrita, sendo habitual encontrá-la a falar sobre esta matéria (entre outras) nas atividades da EmCadeamentos.

Lara Cunha


Sócia fundadora da EmCadeamentos. Licenciada em Direito, e com prática no associativismo, tem a seu cargo as áreas de gestão de projetos e de formação, acabando por ser um dos membros mais ativos da associação, apesar de aparecer menos em público. 

Tiago Torres

Licenciado em Filosofia e Mestre em Ensino da Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, colabora com a EmCadeamentos desde a sua formação. Inicialmente no grupo GEMAC, rapidamente se integrou nos projetos de investigação e restantes atividades da associação. É, atualmente, o coordenador pedagógico da EmCadeamentos, aliando o seu profundo interesse pela História e Arqueologia com os seus conhecimentos de Filosofia e Pedagogia, e aplicando-os nos programas da associação.

“o Maior”

Diogo Silveira

Licenciado em Biologia e com Mestrado em Biodiversidade, Genética e Evolução, colabora com a EmCadeamentos desde a sua formação. Inicialmente com o grupo GEMAC, onde tem estado envolvido quer no grupo de estudos quer na prática desportiva, o seu interesse pela História fez com que se fosse envolvendo nas restantes atividades da EmCadeamentos. Com um sentido de humor característico, e citando-o “podem encontrar-me normalmente mais perto da cota-de-malha ou do armeiro onde vos posso explicar o porquê da espada de D. Afonso Henriques não pesar 20kg!”.

Pedro Cardona

Professor de Filosofia. Integrou a EmCadeamentos imediatamente após a sua fundação como consultor pedagógico e formador. Participa também em eventos de recriação histórica demonstrando de forma pedagógica algumas profissões das épocas a serem representadas. Nutre particular paixão pela República Romana no âmbito de estudo histórico e adaptação para o ensino.


David Ferreira

Licenciado em Arqueologia, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, colabora com a EmCadeamentos desde a sua formação. Iniciou-se com o grupo GEMAC mas rapidamente se envolveu nas restantes atividades da EmCadeamentos, nos projetos de arqueologia experimental nas atividades pedagógicas e de História ao Vivo. Apesar do ar distraído (é comum “perder o David”), está sempre atento ao mundo que nos rodeia, sendo dos rostos mais visíveis, simpáticos e disponíveis da nossa equipa

Joana Pereira

Licenciada em Multimédia pela Faculdade de Belas-Artes, é bailarina profissional e professora de Dança Oriental. Com um especial interesse pelo passado e pelo estudo da História, o que alia às suas capacidades artísticas, enquadrou-se na EmCadeamentos em 2018, estando envolvida com o departamento de design, multimédia e comunicação nas redes sociais da associação. .

Bruno Pedro

Relações públicas e técnico pedagógico. A paixão pela História desde cedo, levou-o a colaborar com a EmCadeamentos. A facilidade com que se relaciona com as pessoas levou-o a participar na divulgação ativa da associação e das suas atividades junto de diversas entidades. Um dos papéis mais relevantes é a promoção da EmCadeamentos junto de autarquias e escolas.

Timóteo Soares

Colabora com a EmCadeamentos desde a sua formação. Começou no grupo GEMAC, onde tem estado envolvido quer no grupo de estudos quer na prática desportiva, mas rapidamente se envolveu com as restantes atividades da EmCadeamentos, focando-se maioritariamente no equipamento militar e nas demonstrações de combate. Com um ar tímido, a sua facilidade de comunicação e a empatia que transmite torna-o no cavaleiro preferido do nosso público.

Karine Azevedo

Tradutora e jornalista de profissão, entrou para a EmCadeamentos pouco depois da sua formação. Partilha com a EmCadeamentos o interesse pela História, focando-se na participação feminina na economia e na sociedade medieval. Com facilidade de interação com o público, assume como objetivo nas atividades de História ao Vivo desmistificar noções pré-concebidas e transmitir conhecimento sobre aspectos menos conhecidos do dia-a-dia da sociedade medieval. É, ainda, presença assídua no grupo GEMAC.

Tiago Rodrigues

Estudante da Licenciatura em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, desde cedo revelou o seu gosto pela História, enquadrando-se nas diversas atividades da EmCadeamentos, quase desde a sua formação. Tem especial interesse na História eclesiástica, centrando o seu foco nos séculos XI a XIII. É, por isso mesmo, o nosso clérigo por eleição, sendo frequente encontrá-lo concentrado no seu scriptorium.

Marília Cordeiro

Uma das caras mais simpáticas e disponíveis da EmCadeamentos. O gosto no contacto com o público vem da sua experiência profissional nas àreas da protecção civil e cruz vermelha, junta-se na EmCadeamentos pelo gosto pela comunicação assim como o trabalho manual ligado às artes e ofícios.

Rosa Silva

Estudante do Curso de Ciências da Comunicação – Assessoria, Jornalismo e Multimédia na FLUP. Tem um gosto especial por pesquisa histórica contemporânea, remanescente dos anos de jornalismo. É autora do livro “Cerco ao Cortiçal”, sobre acontecimentos no Estado Novo. Coordenou vários projetos, nacionais e internacionais, ligados ao associativismo parental e desenvolve outros, ligados ao design, fotografia e comunicação digital. Integra a equipa de Comunicação da EmCadeamentos.

“RIG”

Andrea Mariani

Mestre em História na Università degli Studi di Milano, Doutorando em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Apesar da sua especialização em cultura medieval, tem interesse nas actividades relacionadas com a idade do ferro (castrejas) das quais desenvolve também trabalho em Itália com a associação Popolo di Brig (Celtas e Ligures). Na EmCadeamentos tem participado em algumas actividades como recriador histórico.

foto de grupo